Três meses de safra acumulam moagem de 6,9 mi de toneladas de cana

Com mais de 6,9 milhões de toneladas de cana processadas, a safra 21/22 segue em ritmo acelerado com pouco mais de três meses de moagem.
De acordo com o boletim quinzenal nº 05, com dados da produção acumulado até o dia 15 de novembro, a quantidade de cana moída em comparação ao mesmo período da safra passada, que era de 6,1 milhões de toneladas, representa uma variação positiva de 13,1%.
Segundo o levantamento, apenas duas das 15 unidades industriais em operação nesta safra apresentaram um crescimento – na quantidade de cana moída – inferior ao registrado no ciclo passado. Já as variações positivas nas demais usinas alagoanas oscilaram entre 0,7% e 71,6%.
O boletim quinzenal, elaborado pelo departamento Técnico do Sindaçúcar-AL, apontou ainda que foram produzidas 519.178 toneladas de açúcar. Ante ao mesmo período do ciclo 20/21, quando a produção era de 497.916 toneladas, houve um crescimento de 4,2%.
A produção de etanol também apresentou percentual de crescimento semelhante ao do açúcar. Foram processados 154.671 milhões de litros do biocombustível da cana. Como na primeira quinzena de novembro de 2020 o acumulado era de 146.811 milhões de litros, houve um crescimento de 5,3%.