Safra 21/22 tem crescimento de 25,4% em comparação ao ciclo passado

Com mais de 3,5 milhões de toneladas de cana processadas, a safra 21/22 segue a pleno vapor em Alagoas. De acordo com o boletim quinzenal nº 03, com posição acumulada até o dia 15 de outubro, o percentual de crescimento em comparação ao mesmo período do ciclo passado, quando haviam sido beneficiadas 2,8 milhões de toneladas de cana, foi de 25,4%.

O levantamento técnico – realizado junto as 15 unidades industriais em operação nesta safra – aponta ainda que apenas duas usinas registraram, no período analisado, uma moagem inferior à ocorrida na safra 20/21.
Desde a segunda quinzena de agosto, quando teve início a moagem pela usina Pindorama, foram processadas mais de 247.874 toneladas de açúcar. Ante ao mesmo período da safra passada, quando a produção era de 208.863 toneladas, foi registrada a variação positiva de 18,6%.
Etanol
Já na produção de etanol, o percentual de crescimento entres as duas safras foi de 11%. Enquanto neste ciclo a produção – até a primeira quinzena de outubro – foi de 72.843 milhões de litros, no ciclo 20/21 o acumulado registrado era de 65.601 milhões de litros.
O boletim divulgado pelo Departamento Técnico do Sindaçúcar-AL informa que das 15 unidades da agroindústria canavieira alagoana, apenas três tiveram um percentual de crescimento neste ciclo menor que o registrado na safra 20/21.