Safra 21/22 ultrapassa 18 milhões de toneladas de cana

Com mais de 18,1 milhões de toneladas de cana processadas, a safra 21/22 fechou o mês de março com um crescimento de 7,8% face ao mesmo período do ciclo anterior. Com isso, a moagem atual já supera em mais de um milhão de toneladas de cana beneficiadas os números finais do ciclo 20/21, onde foram esmagadas pouco mais de 17 milhões de toneladas de cana.
Segundo levantamento apresentado pelo boletim quinzenal de nº 14, com dados da produção acumulados até o dia 31 de março, a moagem já havia sido finalizada por 14 das 15 unidades industriais em operação neste ciclo.
Até o fechamento do boletim, a única usina que ainda estava em funcionamento foi a Sumaúma. A unidade industrial, que já havia beneficiado mais de 1,1 milhão de toneladas de cana, registrava um crescimento de 22,1% em comparação ao mesmo período da safra passada.
De acordo com o boletim, das 15 unidades da agroindústria canavieira alagoana, apenas três registraram uma variação negativa na quantidade de cana esmagada ante ao mesmo período da moagem 20/21 e que oscilaram de – 9,2% a -0,8%.
Neste cenário de reta final de moagem, as usinas produziram, até março, 1,4 milhão de toneladas de açúcar dos tipos VHP e cristal, repetindo, praticamente, a mesma quantidade acumulada em março de 2021.
No que se refere a produção de etanol, foram processados mais de 444.246 milhões de litros do biocombustível. O volume acumulado representa uma variação de crescimento de 6,5%.