Açúcar

R – produto final da usina de açúcar, constituído por  grânulos de sacarose cristalizada, envolvidos ou não por  uma película de mel. AÇÚCARES FERMENTESCÍVEIS – açúcares passíveis de sofrer fermentação alcoólica.
AÇÚCARES REDUTORES – açúcares que reduzem o íon cúprico  para óxido cuproso, do licor Fehling. Em sua grande maioria,  esses açúcares são monossacarídeos, em especial a glucose  e a fruto se, presentes tanto na cana-de-açúcar e no açúcar comercial, como nos produtos intermediários e fluidos  do processo na indústria açucareira e alcooleira.
AÇÚCARES REDUTORES TOTAIS (ART) – teor de açúcares  redutores de um produto açucarado, do qual toda a sacarose  foi desdobrada em glucose e frutose.
AÇÚCAR CRISTAL – açúcares brancos, fabricados a partir  de um caldo com adição de sulfito. Os cristais são lavados na centrífuga e secos em secador.
São divididos em:
a) cristal standard – de menor qualidade e utilizado principalmente como matéria-prima em refinarias de açúcar;
b) cristal superior – destinado ao consumo humano no mercado interno;
c) cristal especial


 

NORTE-NORDESTE
EVOLUÇÃO DA PRODUÇÃO DE AÇÚCAR TOTAL (em toneladas)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *