Notícias

Usinas reforçam atuação do setor durante pandemia

Após momentos de incertezas provocados pela pandemia da covid – 19, um novo ciclo da cana tem início em Alagoas com uma expectativa de crescimento de moagem pelas unidades industriais que planejam processar, neste novo ciclo, 18 milhões de toneladas de cana.
“Começamos a safra pela usina Pindorama, que será sequenciada pelas usinas Santo Antônio e Camaragibe no dia 1º de setembro. A partir daí, começa a entrada das demais unidades industriais. Até o dia 23 de setembro, temos a expectativa que as 15 unidades estejam em plena moagem”, afirmou o presidente do Sindaçúcar-AL, Pedro Robério Nogueira.
De acordo com o dirigente, que representa as usinas do Estado, o setor sucroenergético alagoano “enfrentou o período da pandemia mantendo a normalidade de todas as atividades, em especial, as agrícolas, que foram realizadas durante a entressafra. Agora, com o início da safra, vamos manter toda atividade industrial funcionando”, destacou.
Nogueira reforçou ainda que, apesar das dificuldades, o setor manteve os postos de trabalho. “Não demitimos em hipótese alguma e vamos fazer o processo de admissão de colaboradores que é regular para este período de safra. Isso representa uma reposta importante de um segmento importante da atividade econômica do Estado onde nós estaremos produzindo e esperando produzir com boas expectativas para essa nova safra”, finalizou.

Esta entrada foi publicada em Notícias. Adicione o link permanenteaos seus favoritos.

Faça seu comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>