Notícias

Pindorama abre a safra 20/21 em Alagoas

Com a chegada do mês de agosto as usinas se preparam para dar início a nova safra da cana-de-açúcar em Alagoas. De acordo com estimativas do departamento Técnico do Sindicato da Indústria do Açúcar e do Álcool no Estado de Alagoas (Sindaçúcar-AL), deverão ser processadas, no ciclo 20/21, aproximadamente, 18 milhões de toneladas de cana, caso se preserve a boa regularidade climática.
Neste cenário, a Cooperativa Pindorama, que anunciou o início da moagem para o dia 18 de agosto, deverá ser a primeira a entrar em operação neste novo ciclo da cana em Alagoas. A estimativa é de uma safra acima de um milhão de toneladas de cana processadas.
No ciclo anterior, 19/20, a unidade industrial, localizada no município de Coruripe, processou mais de 896 mil toneladas de cana.
Já a Central Açucareira Santo Antônio, formada pelas usinas Santo Antônio e Camaragibe e que nos últimos anos sempre foi a primeira abrir a safra em Alagoas, neste ciclo, informou que só iniciará a moagem no próximo mês.
“Nos últimos anos começávamos a moagem em agosto. Mas, como a cana de início de safra está curta, vamos moer apenas em setembro”, afirmou o diretor Agrícola da central, Marcos Maranhão.
Segundo ele, com a escassez de chuvas que ocorreu no período de setembro do ano passado até janeiro desse ano, onde foi registrada uma precipitação pluviométrica de apenas 118 milímetros, a cana teve o desenvolvimento prejudicado, além de ter ocorrido perdas de socaria. “Só a partir de fevereiro que houve uma melhora no tempo e começou a chover bem”, ressaltou.
De acordo com o diretor da usina, a safra na Santo Antônio começa no dia 1º de setembro, enquanto para a filial Camaragibe a moagem tem início no dia 08 de setembro.
“Devemos repetir a mesma quantidade de cana da safra passada, onde as duas unidades juntas processaram 2,7 milhões de toneladas de cana. Mas, se o verão ajudar e for normal – tendo chuvas na média – poderemos ter uma safra melhor”, informou Maranhão.

Esta entrada foi publicada em Notícias. Adicione o link permanenteaos seus favoritos.

Faça seu comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>