Notícias

Campanha do Sindaçúcr-AL incentiva consumo de etanol em AL

O Sindicato da Indústria do Açúcar e do Álcool no Estado de Alagoas (Sindaçúcar-AL) inicia uma campanha de incentivo ao consumo de etanol. Com o título “Abasteça com Etanol”, a iniciativa destaca a importância do biocombustível para a geração de emprego e renda no campo, além de contribuir para o fortalecimento da economia do Estado.

“Independentemente das ações governamentais, nós podemos contribuir neste processo. Alagoas é o maior polo produtor de etanol do Nordeste. Devemos abastecer nossos veículos com o etanol como uma forma de exercemos uma cidadania positiva para o desenvolvimento e para que possamos também preservar empregos no campo”, declarou o presidente do Sindaçúcar-AL, Pedro Robério Nogueira.

A campanha conta ainda com a adesão de outras entidades ligadas ao setor sucroenergético, além de instituições do âmbito governamental.

“É importante o alagoano consumir o etanol para poder proteger o emprego e a produção do nosso Estado. É isso que estamos precisando, comprar de empresas alagoanas”, afirmou o presidente da Associação Comercial de Maceió, Kennedy Calheiros, ao prestar depoimento para a campanha encabeçada pelo Sindaçúcar-AL.

“É importante a população de Alagoas ter essa conscientização para a escolha do etanol. Isso ajuda as empresas a se manterem vivas em um momento de crise e na manutenção dos empregos em toda a cadeia produtiva da cana em Alagoas, além de contribuir na preservação ao meio ambiente”, declarou o presidente da Associação do Plantadores de Cana de Alagoas – Asplana, Edgar Filho, que também lançou uma campanha de incentivo ao consumo de etanol.

“Se puder escolher, opte sempre por abastecer com etanol. Em Alagoas, ele produz emprego no campo e também na cidade, por intermédio do consumo. Ao abastecer com etanol o alagoano está usando um combustível limpo, contribuindo com o meio ambiente. Na dúvida, escolha sempre o etanol. Essa ação ajudará Alagoas a se desenvolver e gerar cada vez mais empregos”, destacou o secretário de Desenvolvimento Econômico e Turismo de Alagoas, Rafael Brito.

A redução do consumo do etanol foi provocada pela queda do preço do petróleo no mercado mundial – resultado da disputa entre a Rússia e Arábia Saudita, que baixou o preço da gasolina, aliada aos efeitos da pandemia do novo coravírus.

Esta entrada foi publicada em Notícias. Adicione o link permanenteaos seus favoritos.

Faça seu comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>