Notícias

Novabio nasce com 40 indústrias do setor sucroenergético já filiadas

O setor sucroenergético ganha um reforço importante em sua estrutura institucional com a criação da Associação de Produtores de Açúcar, Etanol e Bionergia – Novabio. A nova entidade nasce com 40 indústrias produtoras de açúcar, etanol e bioenergia já filiadas e que juntas fornecem diretamente 250 mil postos de trabalho no Brasil.

A associação foi constituída pela iniciativa dos Sindicatos de Produtores da Indústria do Açúcar e do Álcool das regiões Norte e Nordeste, recebendo adesão de unidades industriais de outros Estados.
A Novabio, que tem como presidente do Conselho Deliberativo, Pedro Robério Nogueira (presidente do Sindaçúcar-AL), foi criada com o objetivo promover ações regionais e de apoio as questões nacionais relevantes do setor, promovendo a defesa permanente do segmento de bioenergia nacional e a sua sustentabilidade por meio de instrumentos de gestão institucional que realcem a geração de renda e valor da cadeia produtiva.
Desde a última quarta-feira, dia 03, a entidade deu um grande passo passando a integrar a Câmara Setorial de Açúcar e do Álcool do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa).
Neste sentido, a associação começa a integrar a rede nacional de entidades que representam e defendem a longevidade e estabilidade do setor sucroenegético nacional, particularizando as características próprias das regiões Norte e Nordeste. Nesse processo, a Novabio tem a finalidade de se harmonizar com os objetivos idênticos dos Sindicatos Estaduais de Produtores, do Fórum Nacional Sucroenergético e da Federação dos Plantadores de Canas do Brasil.

 

Esta entrada foi publicada em Notícias. Adicione o link permanenteaos seus favoritos.

Faça seu comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>