Abertura de safra 2019-20 I

Notícias

NOTA USINA SERESTA: ESCLARECIMENTO AO PUBLICO QUANTO A CLASSIFICAÇÃO DE RISCO BARRAGENS DA USINA SERESTA, BEM COMO AS PROVIDÊNCIAS ADOTADAS

A Usina Seresta vem, em público, esclarecer e tranquilizar a população alagoana quanto às notícias dos riscos associados às barragens de sua propriedade. A ANA – Agência Nacional de Águas, publicou, a partir de um relatório da SEMERH – Secretaria de Estado do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos de Alagoas, que há cinco barragens da Usina Seresta classificada como de Alto Risco, quanto a segurança das mesmas.

Tal classificação segue critérios definidos pela Lei Federal 12.334/2010, dos quais levam em consideração aspectos estruturais de equipe de acompanhamento do monitoramento da operação das barragens, da existência de documentação técnica (projetos) e adequação da obra aos projetos, bem como de sua conservação, e de danos potenciais associados. Esta avaliação da SEMARH,foi realizada em 2015, sendo reavaliada em 2017, quando foi apresentado as recomendações para adequação dos critérios de classificação. Tais adequações passaram por estudos geotécnicos, hidrológicos e hidráulicos, os quais foram contratados no ano de 2018, estando os mesmos sendo adequados.
A falta de apresentação de parte da documentação exigível e dos estudos, realizados em 2018, fizeram com que os riscos ficassem classificados como alto para as cinco barragens. No entanto, as recomendações técnicas, apontam para os ajustes de desobstrução e adequação de vertedouros. Das cinco barragens, uma não requer nenhuma adequação, três necessitam de simples limpeza do canal de passagem das águas, para épocas de cheias, e uma barragem requer uma ampliação do vertedoro.
Portanto, até março, próximo, ter-se-á 80% dos requisitos técnicos exigíveis realizados, ficando 20% para o segundo semestre deste ano de 2019, após o período de inverno. Completando, assim, o atendimento das exigências em 100% neste ano de 2019.
Por fim, a Usina Seresta, esclarece que as barragens de sua propriedade, são de acumulação de água, para uso na irrigação, não tendo nenhuma relação direta com barragens de rejeito de mineração, e que suas barragens estão em bom estado de conservação, não oferendo riscos de rompimento iminente.

Esta entrada foi publicada em Notícias. Adicione o link permanenteaos seus favoritos.

Faça seu comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>