DATAGRO 29 e 30 de outubro

Notícias

Sindaçúcar-AL aposta em safra de recuperação do setor

A usina Santo Antonio iniciou mais um ciclo da cana em Alagoas. A safra 18/19 tem início com uma expectativa positiva em todo o setor, que aposta em uma moagem superior a 15 milhões de toneladas de cana.
Para o presidente do Sindaçúcar-AL, Pedro Robério Nogueira, o início da safra 18/19 por parte da Santo Antônio reflete a esperança na retomada processo de recuperação da produção de cana que, nos últimos anos, foi dizimada por prolongados períodos de déficits hídricos.
“O esforço dos nossos empresários, fornecedores de cana e trabalhadores em perseverar e acreditar no nosso potencial de trabalho e de condições adequadas para a produção de cana-de-açúcar, vetor importante para o desenvolvimento do nosso Estado”, declarou o representante do setor sucroenergético alagoano.
Apesar da melhora na produção, Alagoas ainda vai passar por um processo de recuperação, que deve se estender em até três novos ciclos. São esperadas 18 unidades industriais em funcionamento para a safra 18/19.
Safra 18/19
De acordo com Marcos Maranhão, superintendente Agrícola do Grupo Santo Antonio, que também tem a usina Camaragibe como filial, a previsão de crescimento para o novo ciclo da cana é estimado em 15%.
A Santo Antonio deve moer dois milhões de toneladas de cana (própria e fornecedor), enquanto a Camaragibe, situada no município de Matriz do Camaragibe e que deve entrar em operação na próxima semana, 720 mil toneladas.

Esta entrada foi publicada em Notícias. Adicione o link permanenteaos seus favoritos.

Faça seu comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>