Notícias

Setor sucroenergético reintroduz casais do Mutum na usina Leão

Após ter sido extinto da natura na década de 80, o Mutum-de-Alagoas retorna ao habitat natural na próxima sexta-feira, 22. A reintrodução será realizada, a partir das 9 horas, na reserva da Mata do Cedro, pertencente a usina Leão, localizada no município de Rio Largo.
A ação, que é realizada por meio da parceria firmada entre a unidade industrial, Sindaçúcar-AL, IPMA e o Governo do Estado, foi incluída na programação comemorativa dos 200 anos da Emancipação Política da Alagoas.
Na oportunidade, também ocorrerá a inauguração do Centro de Educação Ambiental Pedro Nardelli, onde um casal do mutum ficará exposto em cativeiro para visitação pública.
Após um plano de ação nacional de reprodução da ave que vem sendo criada em cativeiro no Sudeste do país e que resultou em 230 indivíduos, três casais de Mutum deverão ser reintroduzidos na mata do Cedro.
A reintrodução do Mutum faz parte da mobilização desenvolvida pelas unidades industriais do setor sucroenergético alagoano para a preservação do meio ambiente na região canavieira do Estado. Atualmente, o setor conta com 30 Reservas Particulares do Patrimônio Natural (RPPN), totalizando uma área de 6.588,12 hectares, promovendo a preservação da fauna e flora nativa.

Esta entrada foi publicada em Notícias. Adicione o link permanenteaos seus favoritos.

Faça seu comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>