Fenasucro 2020

Notícias

Tem início a safra 16/17 em Alagoas

Após quatro meses de entressafra, teve início na tarde desta segunda-feira, 15, o novo ciclo da cana em Alagoas. Localizada no município de São Luiz do Quitunde, a usina Santo Antonio, mais uma vez, foi a primeira a começar a moagem.
Após ter atravessado uma das piores safras das últimas décadas, moendo pouco mais de 16 milhões de toneladas de cana no ciclo 15/16, o setor sucroenergético alagoano deposita as esperanças na moagem 16/17, apostando num beneficiamento superior a 20 milhões de toneladas de cana.
“Tudo saiu como previsto e iniciamos a safra. A Santo Antonio já está moendo. Agora, em 15 dias, será a vez da Camaragibe também começar a funcionar”, declarou o superintendente Agrícola da unidade industrial, Marco Maranhão, lembrando que a previsão é beneficiar mais de 2,2 milhões de toneladas de cana.
Com previsão de crescimento de 10% ante a safra passada, o diretor da Santo Antonio afirmou ainda que a Camaragibe deverá moer 800 mil toneladas de cana.
Passada
Na safra 15/16, a quebra de safra chegou a -30,2% contando apenas com 19 unidades industriais em operação. Além das 16,3 milhões de toneladas de cana processadas, foram produzidas 1,2 milhão de toneladas de açúcar e 393.148 milhões de litros de etanol.
Já no ciclo 14/15, de acordo com dados do Sindaçúcar-AL, a quantidade de cana beneficiada foi de 23,3 milhões de toneladas.

Esta entrada foi publicada em Notícias. Adicione o link permanenteaos seus favoritos.

Faça seu comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>