Notícias

Alagoas e Pernambuco acumulam quebra de safra no ciclo 15/16

A crise financeira e a irregularidade climática dos últimos anos, que causaram sérios prejuízos ao setor canavieiro alagoano, resultando no ciclo 15/16 numa quebra de safra de 30,2%, também foram responsáveis por uma redução na quantidade de cana esmagada em Pernambuco superior a 22%.
De acordo com dados levantados pelo Sindaçúcar, foram beneficiadas no ciclo 15/16 apenas 11 milhões de toneladas de cana no Estado vizinho, enquanto na safra 14/15 foram moídas 15 milhões de toneladas de cana. Participaram do ciclo passado 19 unidades industriais pernambucanas.
De acordo com o boletim de consolidação de safra divulgado pelo Sindaçúcar-AL, foram processadas em Alagoas 16,3 milhões de toneladas de cana. Já na moagem 14/15, a quantidade de cana esmagada foi de 23,4 milhões de toneladas. Os dados são referentes a produção de 19 usinas.
Na safra alagoana, a produção de açúcar chegou a 1,2 milhão de toneladas, sendo mais de 965 mil toneladas do tipo VHP e 281 do cristal. Já a produção final de etanol foi de 393.148 milhões de litros, sendo 227.892 milhões de litros de anidro e 165.256 milhões de litros de hidratado.

Esta entrada foi publicada em Notícias. Adicione o link permanenteaos seus favoritos.

Faça seu comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>